Lubrificantes para Rolamentos

Lubrificação para aplicações especiais

A lumobras oferece uma linha completa de lubrificantes para rolamentos que funcionam em condições especiais. Mancais de rolamentos podem ser lubrificados, dependendo da aplicação, com graxas, óleos, lubrificante sólido ou com combinações destes. Devemos evitar o contato metálico diretamente entre os corpos rolantes e os anéis de rolamento, e assim, prevenir um desgaste através de soldagem, atrito, fadiga de materiais ou corrosão.

A maioria dos mancais de rolamentos são lubrificados com graxas, especialmente devido aos poucos problemas de vedação dos rolamentos. De um lado, o óleo no espessante necessário para a lubrificação é mantido no ponto de lubrificação e, por outro lado, é evitada a penetração de impurezas existentes no ambiente para o ponto de lubrificação.

Lubrificantes para rolamentos grandes

Cada condição requer um tipo de lubrificantes para rolamentos

Em condições de funcionamento habituais, são aplicadas, de preferência, graxas de sabão a base de óleos de minerais. Em condições de funcionamento exigentes, como por exemplo, altas e baixas temperaturas, elevadas cargas mecânicas ou velocidades, são aplicadas graxas lubrificantes especiais que cumprem estas exigências.

Graxas com lubrificantes sólidos são, na sua maioria, previstas para condições de atritos mistos em baixas velocidades ou elevadas cargas e, também, como segurança contra um desgaste e quebra do mancal prematuros. Informações sobre os teores de lubrificantes sólidos em graxas de mancais.
Dependendo da rotação, faixa de temperatura de trabalho, exigências sobre vedação, torques de partida e influências do ambiente, podem ser usadas graxas das classes de consistência NLGI 1 até 3. Para valores característicos de rotação muito elevadas. São aplicadas graxas das classes de consistência 00 e 0.
Óleos lubrificantes são aplicados em mancais de rolamentos de alta rotação – valor DN> 10 ⁶ mm/min e, também, onde por simples bombeamento na circulação adicionalmente é utilizada a dispersão do calor através do lubrificante. A vantagem mencionada por último, também pode ser garantida por graxas adequadas.
Mancais de rolamentos somente são lubrificados a seco em casos muito especiais, como por exemplo, nos rolos de suporte e guia de correias transportadoras em linhas de pinturas automáticas automotivas, onde quaisquer impurezas dos lubrificantes consistentes podem trazer muitos prejuízos financeiros através da repintura ou consertos posteriores. Outras áreas de aplicação são, em impressoras a laser devido a elevadas temperaturas e uma lubrificação para a vida útil, como também aplicação em vácuo em instalações de PVC/CVD ou na engenharia nuclear, onde as exigências são muito altas sobre a resistência dos lubrificantes contra radiações.
Aplicações práticas

Limpeza antes da aplicação

Antes do preenchimento com graxas lubrificantes, mancais de rolamentos devem ser limpos dos agentes de proteção contra corrosão, através de lavagem com produtos de limpeza, como por exemplo, MOLYKOTE MetalCleaner. Quando mancais de rolamentos são preenchidos com MOLYKOTE BG 87 é necessária uma intensa pré-limpeza. A melhor capacidade para esta pré-limpeza é de solventes fluorados, como frigen 113. Como em muitos países não é mais permitida a aplicação de solventes fluorados e, para atingir a limpeza necessária nas superfícies, são necessários vários processos prévios de limpeza.
Para substituir os solventes fluorados, podem ser usados óleos PFPE com baixos teores de moléculas, como por exemplo, Galden SV 70 da Mont Edison.